quinta-feira, 30 de abril de 2009

O Poder da Música Durante a Gestação


Você gosta de ouvir músicas? Já conseguiu se desligar , relaxar ouvindo alguma musica? Já se lembrou de alguma época , ou situação ao ouvir uma música ? Você sabe a beleza, e a sensação de embalar um bebê e cantar uma canção de ninar para ele dormir? Bom... Se você respondeu sim , para qualquer
uma destas questões acima, você já sentiu o poder da música em sua vida!

Poder sim , e muito antigo. Ainda antes de Cristo, na China, um imperador, para saber como o seu império estava, chamava músicos, e de acordo com as músicas que eles tocavam, o soberano sabia, se o seu povo estava bem ou mal. E durante a segunda guerra mundial? Médicos e enfermeiros constataram quem , com algumas sessões musicais, os feridos , veteranos de
guerra, se recuperavam mais rápido de
traumas físicos e psicológicos.

O que é Musicoterapia?
A Musicoterapia é uma ciência paramédica que utiliza a música e os seus elementos (Som, Ritmo, Melodia, Harmonia) através do canto, movimentos, expressão corporal,dança, etc., a fim de atender às necessidades físicas, mentais, sociais e cognitivas; e, desenvolver potenciais e/ou restaurar funções de
optimização intra e/ou interpessoal, melhor qualidade de vida, através da prevenção, reabilitação
ou tratamento (Federação Mundial de Musicoterapia, 1996).

Sim, a resposta a uma música , ou a qualquer som musical permite que seja avaliado os estados físico, cognitivo, comportamental, emocional e comunicativo da pessoa. A música e o som afetam a atividade muscular, a respiração, a tensão arterial e o metabolismo, e desempenham função de apoio ao processo de mudança dos indivíduos
A música começa a ser usada durante a gravidez, para aumentar a proximidade entre mãe e filho, tranqüilizar e ajudar a manter uma gravidez muito mais saudável. Estudos mostram que a música afeta a atividade cerebral dos fetos!
A música , usada durante a gestação, permite a troca de elementos emocionais entre mãe e bebê . Isto contribui para o bem estar de ambos, e também ajuda no desenvolvimento físico e mental do feto.
A natureza é perfeita : Os sons externos começam a ser ouvidos pelos bebés a partir da 16.ª semana. A audição é o primeiro sentido a despertar. A partir da 20.ª semana começa a reagir aos sons e na 25.ª já reconhece as diferenças entre eles.
O uso da música no parto, diminui as contrações , acalma a dor ... A frequencia cardiaca diminui, o pulso , a pressão sanguinea e o Tônus muscular também. o uso da música na gestação e no trabalho de parto possibilita uma relação mais positiva da futura mamãe com sua
imagem corporal, como ela mesma, uma melhor aceitação e vivência da gestação, um contato mais intenso com o feto e um parto um pouco mais tranqüilo.

O que ouvir?
A criança começa a aprender ainda no útero da mamãe, e então se preocupe, procure músicas que realmente lhe toque, lhe traga sentimentos. Tem que haver harmonia , tem que ter troca de sentimentos entre mamãe e bebê. Escolha musicas instrumentais, com sons da natureza, clássicas... Há vários Cds destinados a isto. Quando
o bebê nascer também tem vários CDs com cantigas de ninar, e musicas que
acalmam os pequenos...

Quer uma dica? Cante para o seu bebê desde a gestação , tenho certeza que você se lembra de alguma musica da sua infância !!!

Cante, toque, ouça músicas! converse com seu bebê!

FONTE: http://www.e-familynet.com/

2 comentários:

Amei este teu artigo sobre o poder da música durante a gestação. Estou gestante e esta informação é muito importante pra nós que vamos ser mamãe. Mil Beijos!!!!!

Origem da gripe suína. Muito engraçada!!!! Me fez rir muito!!!!!!

Postar um comentário

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

SEGUIDORES

 
Licença Creative Commons
This work by Alexandre A. Silva is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://naclave.wordpress.com/.