domingo, 20 de junho de 2010

Instrumentos - FLAUTA DE BAMBU

De origem chinesa, a flauta transversal de bambu é um instrumento musical que surgiu na China há pelo menos sete mil anos atrás. O instrumento é construído a partir de um pedaço de bambu com um orifício em uma das extremidades, onde o executor sopra para produzir o som, e uma série de outros orifícios no sentido longitudinal que ao serem fechados e abertos com os dedos alteram a altura das notas a serem tocadas. Os buracos mais afastados dão o tom fundamental e os dois mais próximos dão o tom auxiliar. Possui o alcance de duas e meia oitavas. Tem um tom forte que se encaixa com perfeição para expressar emoções e alegria. Técnicas musicais como a apojatura, o tremolo, o harmônico e a garra são utilizadas para tocar o instrumento.


Origens históricas


A flauta de bambu popularizou-se logo no período dos Reinos Combatentes (475-221aC). Apareceu pela primeira vez em Hemudu Clan (na atual Província de Hubei, na China) há sete mil anos. É também conhecido como um instrumento tradicional na cultura dos povos indianos e andinos. No final das Dinastia Ming (1368-1644) e no início da Dinastia Qing (1644-1911), houve um florescimento da ópera na China. A partir daí, a flauta de bambu foi adotada como um instrumento de acompanhamento em óperas e em diversos tipos de apresentações teatrais.


Conta a lenda


Uma antiga lenda conta que existiu na Terra um ser mágico chamado Uakti, cujo corpo era repleto de buracos que, ao serem penetrados pelo vento, produziam um som de grandiosa beleza. A melodia encantava as mulheres da aldeia dos índios tucanos, as quais por Uakti instantaneamente se enamoravam.

Os homens da aldeia, por despeito e ciúme, uniram-se para caçar e matar Uakti. Atacaram-no e mataram-no com tal veemência, que de seu corpo só restaram pedaços que foram enterrados próximo à taba.

No local, primaveras mais tarde,  brotaram plantas cilíndricas e longas, curiosamente ocas e enogadas. Nascia ali um bambuzal e quando o vento soprava entre os bambus, produzia o mesmo som encantador de Uakti.

Foi então que os homens da aldeia se deram conta que poderiam produzir instrumentos daqueles bambus para seduzir as mulheres. Passaram então a fazer flautas de bambu para encantar suas amadas com a beleza do som do instrumento.

0 comentários:

Postar um comentário

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

SEGUIDORES

 
Licença Creative Commons
This work by Alexandre A. Silva is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://naclave.wordpress.com/.