sábado, 26 de fevereiro de 2011

Banda de Garagem - Como formar a sua?


Isto terá de ser nosso pequeno segredo ... Se tiver êxito em formar uma banda de garagem, nunca poderá revelar a ninguém que procurou a assessoria de um artigo on-line - bandas de garagem têm de manter a sua imagem espontânea e não calculada, afinal de contas. Buscar dicas em um artigo online significaria a perda instantânea da credibilidade da garagem!
  • Encontrando integrantes para a sua banda. Passar horas sozinho em sua garagem não será tão divertido. Encontrar integrantes para uma banda pode ser tão simples como convencer seus amigos musicais de como pode ser "irado" formar a banda. Mas talvez você tenha que fazer alguns anúncios, também.
    • Online. Sites populares como Mercado Livre ou eBay são ótimos lugares para começar.
    • Jornais. Considere também colocar pequenos anúncios classificados em jornais locais. Alguns são gratuitos, outros são pagos; escolha o que você acha que dará melhores resultados.
    • Faculdades e universidades são verdadeiros celeiros de músicos principiantes; tente o boletim de uma universidade, ou mesmo colocar pequenos cartazes em locais de grande circulação, ou nas proximidades do campus.
    • Locais específicos. Pense em lugares onde há apresentações artísticas de música ao vivo. Anuncie em torno de locais onde haja apresentações musicais no estilo que você gostaria de seguir.
Seus anúncios publicitários obviamente devem fornecer meios para os futuros integrantes da sua banda entrarem em contato com você, para vocês poderem se reunir e realizar audições e testes.

  • Então, quais tipos de instrumentos? Essa é uma questão de gosto e de objetivo. Alguns optam por um estilo áspero, para criar uma vibração crua, direta, chocante (tipo "nervo exposto") em sua garagem, enquanto outros acham que a presença de um instrumento menos direto acrescenta uma distinção, diferenciação à banda (é por isto que muitas bandas de rock enriquecem a sua arte pelo uso ocasional do órgão).
A menos que você esteja tentando criar um novo território aqui (uma banda de garagem que usa principalmente instrumentos de sopro de madeira ou xilofone, alguém se habilita?), vai querer ter um guitarrista, um baixista e um baterista. O rock de garagem se caracteriza principalmente por guitarra-bateria, embora existam algumas exceções. Mas, o que quer que você decida utilizar, a sua música não deve soar orquestral de maneira alguma, então não crie arranjos elaborados que exijam muitos instrumentos tocando em nenhum momento. O seu objetivo não deve ser um "Mosaico de Sons".
  • Pratique. Você acha que qualquer um pode formar uma boa banda de garagem que as pessoas querem ouvir? Pense novamente - como qualquer banda, uma banda de garagem precisa de prática para se tornar atrativa. Qualquer um pode pegar um machado e ofender os ouvidos. Mas é melhor refinar-se um pouco mais, antes de mergulhar de cabeça na música primitiva. É preciso prática para criar um ataque sonoro que as pessoas querem ouvir. As bandas de garagem têm alguns músicos verdadeiramente talentosos, que são bons o suficiente para obscurecer seu talento por trás de camadas de imprecisão e confusão calculada. Quando eu era um menino, lembro-me de uma banda de garagem em nosso bairro - eles eram tão ruins, que todos nós (as crianças) íamos para o meio da estrada e os ridicularizávamos todo domingo (imitávamos), com a precisão de um relógio. Crianças ridicularizando o seu talento no dia que, para muitos, é o mais caridoso dia da semana? Geralmente um sinal de que você precisa de mais prática.
  • Só um acorde? Se você realmente quer as coisas desse jeito, poder criar uma boa banda de garagem com apenas um acorde, mas o rock de garagem é muito mais diversificado do que a maioria das pessoas pensa. As bandas de garagem têm tocado de tudo, de músicas para surfistas a jazz e blues. Embora as raízes da música de garagem estejam no rock fundamentalista direto dos anos 60, você tem grandes extensões de território musical para explorar.
  • Jovens no coração. Ser um adolescente ou estar na casa dos vinte ajuda. Se você não for, finja ser jovem novamente e cubra-se daquela ingenuidade e inexperiência que já teve algum dia (provavelmente mais fácil para alguns do que para outros). Urgência, amor imaturo, audácia e raiva são o combustível da música de garagem.
  • Gravando. Se você gravar o trabalho da sua banda de garagem, lembre-se de manter os custos de produção relativamente baixos. Talvez esta seja, individualmente, a dica mais importante. Quanto mais polida a sua música soar, menos credibilidade você terá como rock de garagem. Isto dito, não enterre o microfone embaixo da bateria... a menos que você realmente o queira.
  • Uma palavra final: não seja pretensioso. Espero que você não esteja tentando resolver a fome mundial, ou lutar contra a intolerância através da sua banda de garagem, a menos que estejamos falando de fome de boa música ou da intolerância contra o rock corajoso e não-disparatado. A banda de garagem é mais elementar do que cerebral, e certamente não é indiferente ou pretensiosa.
Mas, que sei eu? Dizem que quem não consegue tocar música, escreve sobre ela (certamente o caso aqui!). Faça o que estiver inspirado para fazer. Se você quer tentar uma banda de garagem com instrumentos de sopro de madeira e xilofone, vá em frente (se acrescentar uma harpa a esta formação, poderia fazer nascer uma versão indescritivelmente bela de "96 Tears"). A vocação das bandas de garagem sempre foi, e continua a ser, o espírito independente, faça-você-mesmo e criado em casa. Enquanto você exercer este espírito e praticar o seu reduto musical, ninguém (nem mesmo um bando de crianças do bairro) pode dizer que sua banda seja qualquer outra coisa que não um sucesso.

0 comentários:

Postar um comentário

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

SEGUIDORES

 
Licença Creative Commons
This work by Alexandre A. Silva is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://naclave.wordpress.com/.