sábado, 7 de maio de 2011

Festival Palco Giratório em Recife - PE


Este ano, o projeto acontece de 6 a 28 de maio, aliando artes cênicas e gastronomia

Pelo 5º ano consecutivo, Recife recebe o maior evento de artes cênicas do país. Promovido pelo Sesc, o Festival Palco Giratório Brasil-Recife traz para o público local uma programação múltipla de espetáculos, passando por vários estilos e linguagens cênicas. De 6 a 28 de maio, a capital pernambucana será o palco de 41 espetáculos, de 38 companhias, vindas de vários estados brasileiros e uma internacional (Cuba).

Desse repertório, 16 grupos foram selecionados pela curadoria nacional do projeto Palco Giratório e vão circular por todos os estados do país. Dentre eles, dois grupos são de Pernambuco: o Mão Molenga Teatro de Bonecos, com os espetáculos O Fio Mágico e Era uma Vez; e o Coletivo Lugar Comum, com o espetáculo de dança Leve. Aqui, eles se juntam a outras 22 companhias convidadas pela coordenação local para compor a programação do festival do Recife.

Os espetáculos estão distribuídos em seis teatros da cidade (Marco Camarotti, Capiba, Barreto Júnior, Hermilo Borba Filho, Apolo e Luiz Mendonça), a preços populares. Na programação, opções para crianças e adultos, cobrindo os mais variados gêneros como o drama, comédia, dança e formas animadas. O público pode conferir ainda as apresentações gratuitas em espaços abertos como os mercados públicos de Casa Amarela, São José e Prazeres, além da Praça do Campo Santo, em Santo Amaro. Para a classe artística e para os que desejam conhecer mais do universo das artes, o projeto promove, ainda, atividades formativas, como debates, pensamentos giratórios e oficinas.

Com o objetivo de ampliar a acessibilidade, o Sesc Pernambuco disponibiliza novamente o recurso da áudio-descrição para pessoas portadoras de deficiências visuais, este ano em sete espetáculos, incluindo a peça de abertura “Caetana”, do grupo Duas Companhias (PE). Segundo a atriz e mestranda em educação inclusiva Andreza Nóbrega, a técnica funciona com tecnologia semelhante à utilizada na tradução simultânea (cabine acústica e hadfones). “A diferença é que o áudio-descritor aproveita os intervalos silenciosos da trama para fazer a descrição”, explica. A equipe do Centro de Estudos Inclusivos da Universidade Federal de Pernambuco, responsável pelo projeto piloto, fará também a tradução em libras nas apresentações de Reprilhadas e Entralhofas – um concerto para acabar com a tristeza e Cordel do Amor sem Fim.

Para a edição 2011, a coordenação do Festival Palco Giratório Brasil-Recife traz duas ações paralelas que prometem movimentar ainda mais a programação. A primeira é a Cena Bacante — um espaço para performances temáticas que servirá de mote para uma grande confraternização entre os grupos convidados e os artistas locais. A outra ação, batizada de Cena Gastrô, é um circuito gastronômico com cardápio elaborado pelo Chef César Santos inspirado nos títulos dos espetáculos.

Esta edição traz ainda uma promoção especial para quem curte teatro, intitulada “Espectador Presente”. O público que comparecer ao espetáculo de abertura, no dia 6 de maio, irá receber um cartão fidelidade, que deverá ser apresentado na bilheteria dos próximos espetáculos para registro da presença. O espectador que completar o cartão (com 10 carimbos) receberá um ingresso para o Over12 — doze horas ininterruptas de programação que encerra o Festival — e um brinde exclusivo.

Créditos:
Sesc
Sesc Contrata Profissionais! Acesse as Vagas do Sesc Aqui.www.Catho.com.br/Sesc

0 comentários:

Postar um comentário

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

SEGUIDORES

 
Licença Creative Commons
This work by Alexandre A. Silva is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://naclave.wordpress.com/.