sexta-feira, 13 de maio de 2011

Korg MicroStation - Um grande "mini"



Entre as muitas novidades que a Korg estreou este ano na Musikmesse 2010, na área dos sintetizadores, a marca apresentou o novo MicroStation, uma combinação de sintetizador/sequenciador num mini-teclado compacto e portátil. Pode parecer um brinquedo, mas o MicroStation tem 61 teclas Natural Touch, poderosos efeitos integrados, dois arpegiadores, 16 pistas MIDI e um poderoso motor de síntese EDS-i (Enhanced Definition Synthesis), derivado do M3 XPanded e do M50. Além de ter um slot SD/SDHC para guardar dados, o MicroStation é acompanhado de um editor em software que pode ser combinado com hospedeiros VST, AU ou RTAS numa estação de trabalho.

Um mini-sintetizador e sequenciador que é um grande teclado em funcionalidades e por um preço muito acessível. Talvez seja esta a melhor maneira de definir o novo Korg MicroStation. Aliás, desde o lançamento do Korg M3 que se vê uma proposta tão interessante por parte da marca, sendo certo que este MicroStation promete redefinir o processo criativo de composição, tornando-se num companheiro inseparável em estúdio.
Num tamanho e preço normalmente reservado para sintetizadores de performance, o Korg MicroStation inclui todos os benefícios de um sequenciador integrado de 16 pistas MIDI, rápido e simples de utilizar e que não fica apenas pela vertente dedicada no teclado, sendo na verdade uma ferramenta que pode ser expandida quando conectamos o MicroStation a um computador.
Em termos físicos o Korg MicroStation é um teclado compacto e portátil, com 61 teclas Natural Touch com um aspecto robusto e esteticamente muito apelativo. As proporções das teclas pretas e brancas deste mini teclado foram estudadas de forma a tornar confortável tocar acordes, permitindo tocar frases rápidas e fazer glissandos, excelente para programar em tempo real. No seu motor DSP dedicado temos numerosos efeitos de fábrica para aplicar sobre os sons e dois arpegiadores, fazendo deste teclado uma excelente opção como teclado secundário em estúdio ou como expansão de um sistema de performance em palco. A seção de efeitos permite-nos adicionar até dois efeitos Master, um efeito Total e até cinco efeitos de tipo "Insert" - ou seja cadeias de processamento paralelo onde se inclui a tecnologia de modelação de amplificadores “REMS”, proprietária da Korg.
Claro, a Korg define também o MicroStation como uma solução ideal de iniciação à síntese, sendo esse um dos motivos pelo qual o sequenciador integrado possui todas as funções acessíveis e é tão simples de entender num processo criativo. Funções como Loop Recording e Visual Grid Sequencing foram justamente pensadas para quem está começando e quer uma ferramenta prática de gravação de ideias, a partir da qual se possa partir para a produção musical.
Nada disto valeria de nada se não fossem os sons e isso é algo que a Korg sabe fazer bem. O motor de síntese deste Korg MicroStation denomina-se EDS-i (Enhanced Definition Synthesis – integrated) e deriva diretamente dos recentes sistemas integrados no Korg M3 XPanded e no M50, ambos instrumentos musicais de categoria profissional.
Com o Korg MicroStation obtemos 480 sons de fábrica (Programs) com a qualidade pela qual a marca é reconhecida, juntamente com 25 kits de bateria, sendo possível acessar ainda a 256 combinações que são programas de até 16 sons dispostos em camadas, com divisões de teclado e elementos ativados pela velocidade do toque.
Indicando-nos como este teclado foi pensado para ser simples de utilizar, a Korg tornou extremamente fácil encontrar rapidamente os sons que se pretende, com 383 frases de audição onde um som selecionado pode ser ouvido em contexto. Depois de escolhido, cada som de fábrica pode ser editado, afinado ou completamente modificado, existindo grande quantidade de memória para salvar os sons, combinações e mesmo kits de bateria ou percussão editados pelo usuários, principalmente através de cartões de memória SD/SDHC - os mesmos cartões para onde pode-se salvar canções completas, sequenciadas diretamente no MicroStation ou no editor externo. Para plena compatibilidade com outros instrumentos MIDI a Korg integrou também um set de som GM2 completo.

Mini-estação e controlador
Finalmente, sendo uma mini-estação de trabalho e teclado controlador, o Korg MicroStation inclui uma boa seleção de potenciômetros e botões disponíveis no painel, onde podemos acessar aos parâmetros mais utilizados e onde podemos também atribuir sempre quatro dos comandos mais utilizados por nós a quatro codificadores variáveis. A edição através destes controladores de painel pode ser feita em tempo real, sendo também uma excelente forma de controlar uma atuação em palco. Graças a uma entrada de pedal de comutação externo, podemos instantaneamente transformar estes quatro potenciômetros principais em controladores MIDI para qualquer dispositivo externo, existindo também um joystick para controlo de funções mais expressivas.
Tal como dizíamos inicialmente, o Korg MicroStation foi pensado na prática para ser não apenas uma mini-estação de trabalho dedicada mas também uma extensão de controle para software, quando conectado ao computador. Por isso a Korg fornece também um programa denominado “MicroStation Editor” e outro “MicroStation Plug-In Editor”, a partir dos quais se torna muito mais simples e direto editar os sons do sintetizadores, criar novas combinações e kits de bateria e sequenciar novos temas. O programa "Editor” é um editor autônomo completo, enquanto que o "Plug-In Editor” permite que tenhamos o nosso MicroStation seja conectado como instrumento plug-in VST, AU ou RTAS diretamente a um software hospedeiro, tal como a nossa aplicação DAW favorita.
www.korg.com.br

João Martins

0 comentários:

Postar um comentário

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Widget Códigos Blog modificado por Dicas Blogger

SEGUIDORES

 
Licença Creative Commons
This work by Alexandre A. Silva is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://naclave.wordpress.com/.